Como garantir a segurança no trabalho de pintura

O trabalho com pintura expõe o profissional a muitos riscos. A manipulação de produtos tóxicos e inflamáveis eleva as chances de contaminação e intoxicação fazendo da segurança no trabalho de pintura um assunto muito sério.

O uso de equipamentos de proteção é indispensável. No entanto, é necessário bem mais do que isso.

Neste artigo, vamos mencionar os principais riscos e medidas preventivas para quem deseja desenvolver esse tipo de trabalho com a devida proteção. Confira os tópicos práticos a seguir:

A inspeção minuciosa do local

Quando o assunto envolve segurança, conhecimento é essencial. Quando o profissional sabe qual trabalho será ser realizado e em que local, os riscos de acidentes são consideravelmente reduzidos.

A inspeção minuciosa dos andaimes deve ser feita diariamente ou no começo de cada turno. Lembrando que a área de manutenção deve ser informada em caso de problemas.

Um bom conselho é estar sempre atento à proximidade da rede elétrica. Você pode solicitar o desligamento se ela oferecer riscos.

A pintura industrial em altura

Alguns trabalhos de pintura industrial precisam ser feitos em altura. Nesse caso, os riscos podem ser dobrados, portanto, todo cuidado é pouco. Além do cinto de segurança para o trabalhador, é preciso que haja o isolamento da área abaixo do andaime. Mesmo que não hajam estruturas e que o trabalho seja feito via alpinismo, ainda assim é necessário muita atenção.

Utilize sempre o cinto de segurança. Caso o trabalho seja realizado acima de 1,80m, o ideal é que o andaime tenha guarda corpo.

O uso de EPIs

Para cada tarefa que será executada, é preciso que sejam usados os EPIs corretos. Além disso, o profissional deve manter seus exames periódicos atualizados. Isso porque o exame pode diagnosticar lesões e doenças precoces, reduzindo o risco de sequelas.

Não permita o levantamento de peso acima da capacidade física do trabalhador. Para além disso, é preciso treiná-lo quanto à melhor maneira de carregar ou levantar qualquer objeto, para que a coluna não seja sobrecarregada.

O contato prolongado com produtos químicos e tóxicos pode causar problemas graves. Portanto, inspecione não apenas a composição do produto utilizado, mas também o nível de contato que o trabalhador tem com ele. O uso de roupas limpas e longas pode ajudar, bem como, botas e EPIs.

O cuidado extra com produtos tóxicos e inflamáveis

A segurança no trabalho de pintura depende exclusivamente da relação do profissional com produtos tóxicos e inflamáveis. Assim, conhecimento nunca é demais.

Fique de olho para que os trabalhadores manipulem esses produtos em áreas ventiladas e abertas. Se o trabalho for necessariamente desenvolvido um um espaço confinado, avalie a necessidade de aparelho respiratório.

Não reutilize estas embalagens de produtos do tipo, e descarte conforme orientação do fabricante.

Durante a aplicação do produto, não é recomendado se alimentar ou ingerir bebidas. Quando o trabalho tiver terminado, oriente a troca imediata de roupas e EPIs sujos. Para evitar problemas futuros, o produto utilizado não deve continuar sendo contido por estopas, panos e espumas.

A C-Tank também trabalha com a inspeção de pintura. Aliás, temos um artigo específico em nosso blog que pode te ajudar a identificar quando um serviço de inspeção é excelente. Confira agora mesmo.